9. dezembro 2014

Comentar ()

CÂMARA ELEGE MESA DIRETORA PARA 2015

  •         


  • brasaoOito vereadores confirmaram na noite desta terça-09, Sargento Joel como presidente da casa para o ano de 2015.

    Com uma votação cujo resultado era previsível, uma vez que foi em chapa única, a maioria dos parlamentares reconduziu Joel ao cargo de presidente pelo terceiro ano consecutivo.

    Mesmo com chapa única a nova mesa não obteve a totalidade dos votos. Dois dos 11 vereadores anularam os votos e um optou pelo voto branco.

    Ficou assim a composição da mesa:
    Presidente – Sargento Joel
    1º Vice-Presidente – Ademar Camerino
    2º Vice-Presidente – Junior da Civil
    1º Secretário – Devail Correia
    2º Secretário – Wolney Gonçalves

8. dezembro 2014

Comentar ()

CÂMARA FARÁ ÚLTIMA REUNIÃO DE 2014

  •         


  • brasaoOs parlamentares muriaeenses já se estão em recesso, mas farão uma última reunião antes do final do ano, para elegerem a nova mesa da Câmara.

    Os 11 vereadores deverão votar para eleger a Mesa Diretora, naquela casa, para o ano de 2015. Mas, pelo que se comenta nos bastidores a escolha já está selada, uma vez que Sargento Joel deverá ser reeleito presidente, pelo 3º ano consecutivo, prevalecendo o acordo entre o conhecido “grupo dos oito”, que se formou ainda no primeiro ano desta legislatura.

    A reunião que está marcada para as 18h30, desta terça-09, no plenário da casa.

4. dezembro 2014

Comentar ()

VEREADORES APROVAM ORÇAMENTO PARA 2015

  •         


  • A Lei Orçamentária Anual – LOA, no valor de 342 milhões 633 mil reais, para o município de Muriaé, para o ano de 2015, foi aprovada na reunião ordinária da Câmara Municipal, na noite desta terça-02.

    O orçamento foi aprovado por todos os parlamentares, com exceção do Vereador Reynaldo Dornelas que faltou à reunião, justificando a ausência por problemas de saúde.

    A reunião foi a última do ano, uma vez que, a partir de hoje, os vereadores entram em recesso parlamentar de final de ano.

28. novembro 2014

Comentar ()

PT SOLICITA TRANSPARÊNCIA EM PRESTAÇÃO DE CONTAS DO LEGISLATIVO

  •         


  • O Partido dos Trabalhadores de Muriaé protocolou ofício no Ministério Público, solicitando total cumprimento de Termo de Ajustamento de Conduta – TAC, relativo à Publicidade e Transparência, no site da Câmara Municipal.

    GEDSC DIGITAL CAMERA GEDSC DIGITAL CAMERA GEDSC DIGITAL CAMERA

8. novembro 2014

Comentar ()

SEMANA CATEDRAL: AGITADA

  •         


  • GEDSC DIGITAL CAMERASemana cheia, sexta-feira mais cheia ainda, com os preparativos para estreia do nosso programa Manhã Animada, na Catedral 105, a partir das 09 da matina, da segunda, dia 10 de novembro/14.

    Mas, quando alguém pergunta se está tudo pronto, digo: será tudo ao vivo, então… Vamos “matar um leão” na segunda, outro na terça, mais um na quarta…

28. outubro 2014

Comentar ()

MORTANDADE DE PEIXES É BAIXA OXIGENAÇÃO NA ÁGUA, AFIRMA DEMSUR

  •         


  • Peixes morrem no Rio Muriaé - fotos: Elias Muratori

    Peixes morrem no Rio Muriaé – fotos: Elias Muratori

    Fotos: Elias Muratori

    Após percorrer por três dias as margens do rio Muriaé que corta os bairros Barra, Centro, Porto e Marambaia retirando carcaças de peixes, servidores do DEMSUR e Consórcio da Bacia do Rio Muriaé concluíram a operação contabilizando mais de 1 tonelada e meia de peixes. O trabalho foi mais intenso na sexta-feira, 24, na região do Marambaia, durante toda manhã as equipes retiraram grande quantidade de carcaças, estas levadas pela correnteza e represadas em meio a planta aquática Lírios de água, local também composto de muita pedra.

    No primeiro dia, 21 de outubro, preventivamente, foram coletadas amostras de Demanda Química de Oxigênio (DQO) e Oxigênio Dissolvido (OD) em miligramas por litro partindo da ponte do bairro Santana seguindo em direção às pontes da rodoviária, Brum, Porto finalizando no Marambaia. As amostras apontam que o nível de oxigênio dissolvido (OD) na ponte do Brum, lugar onde teve a maior concentração de peixes mortos, foi o mais baixo, ou seja, de 0,4 miligramas por litro enquanto nas pontes da rodoviária foi de (3,2), do porto (2,2), Marambaia (2,9). O comparativo das análises foi feito a partir da ponte do Santana onde não teve ocorrência de peixes mortos, neste local a amostra coletada foi de 5,0 de OD.

    Portanto entende-se que a baixa oxigenação do rio neste período se deve ao fato do leito estar bem abaixo do normal, o período de estiagem fez com que a temperatura das águas ficasse elevada causando então a morte de peixes, o que não veio a ter novas ocorrências na quinta-feira, 23, após uma chuva fina que caiu durante o dia. Fonte: http://www.demsur.com.br/

27. outubro 2014

Comentar ()

ELEIÇÕES 2014: DUAS OCORRÊNCIAS LAMENTÁVEIS EM MURIAÉ

  •         


  • GEDSC DIGITAL CAMERAFoto: Elias Muratori

    Ainda na manhã deste domingo-26, o Deputado reeleito Bráulio Braz, aproveitando do microfone da Rádio Muriaé, cujo repórter tão somente lhe pedia um parecer sobre o ato democrático do voto, se desviou desde assunto, para tecer elogios ao seu candidato Aécio 45, solicitando o voto dos milhares de ouvintes daquela conceituada emissora para o o referido candidato.

    Já na parte da tarde, uma viatura da PM recolheu um cavalete do tucanoAécio Neves, na Praça Cel. Tibúrcio, no bairro da Barra, uma vez que estava exposto, no passeio, no centro da referida praça.

27. outubro 2014

Comentar ()

ELEIÇÕES DE 2º TURNO EM MURIAÉ

  •         


  • Com filas em poucas seções, na abertura das votações, às 08 da manhã, o restante do dia foi de tranquilidade para eleitores e mesários. Fotos: Elias Muratori

    Com filas em poucas seções, na abertura das votações, às 08 da manhã, o restante do dia foi de tranquilidade para eleitores e mesários. Fotos: Elias Muratori

15. outubro 2014

Comentar ()

VOTAÇÃO DE AUMENTO DE TARIFAS DO COLETIVO URBANO É NOVAMENTE ADIADA

  •         


  • Plenário da Câmara em 14/10/10 - fotos: Elias Muratori

    Plenário da Câmara em 14/10/10 – fotos: Elias Muratori

    O projeto do Executivo que tramita na Câmara Municipal, solicitando a aprovação dos parlamentares, para aumento da tarifa do transporte coletivo urbano da cidade, no valor de R$ 0,25, o que elevará a tarifa de R$ 2,00 para R$ 2,25, teve sua votação, mais uma vez, adiada para a próxima reunião.

    Uma “audiência pública” foi realizada antes da reunião, quando os representantes da empresa e o Prourador Jurídico do Município, responderam a diversas indagações de populares e dos parlamentares relativas à prestação de serviços da empresa.

    Dentre os muitos questionamentos e reclamações, o presidente da casa, Sargento Joel relacionou várias perguntas aos representantes da Coletivos Muriaeense que, no mínimo, provocou a atenção dos presentes. Mesmo que não com estas palavras, o conteúdo das perguntas foram neste sentido:

    - A ampliação de futuras linhas ficarão prejudicadas, caso o aumento não seja aprovado?

    - Se não for aprovado o aumento, os serviços de transporte gratuito, que a empresa oferece, para enterros, por exemplos, vão ser cortados?

    - O transporte para presos da penitenciária, que trabalham em projetos da prefeitura, será cortado?

    Todas as respostas foram claras em afirmar que “sem aumento” será impossível a empresa continuar a prestar “bons serviços”.

    Como o parlamentar não explicou onde queria chegar com as perguntas, só poderemos descobrir seu objetivo, na próxima reunião, quando deverá acontecer a votação do referido projeto.

8. outubro 2014

Comentar ()

VOTAÇÃO DE AUMENTO DA PASSAGEM DO TRANSPORTE COLETIVO É ADIADA

  •         


  • camara 07 10 14Fotos: Elias Muratori

    O público que compareceu na Câmara Ana noite desta terça-07, para a reunião que votaria o projeto, do executivo, de aumento da passagem do transporte coletivo, amargou uma espera de quase duas horas, para descobrir que o referido projeto não seria votado, nesta reunião.

    O relógio marcava 20h10 quando os parlamentares adentraram o plenário, após saírem de uma reunião interna, com os representantes da empresa e o procurador jurídico do município.

    Pelo que comentado, no plenário, os propositores do aumento “estavam apresentando as planilhas para os vereadores”.

    Naturalmente que um projeto desses não pode mesmo ser votado sem que as devidas explicações sejam feitas, mas a pergunta que se fazia, enquanto o público aguardava era: por que uma discussão de total interesse do povo, não era feita em plenário? Por que as planilhas não são lidas/apresentadas para que todos tomem conhecimento?